fbpx
link para whatsapp novidário

Mitos no Kung Fu: conheça as informações que não são verdadeiras sobre a arte marcial

Por admin em

Mitos no Kung Fu

Mitos no Kung Fu. O Kung Fu é uma arte marcial milenar chinesa, isto é, surgiu há milhares de anos na República da China sendo repleta de significados além de trazer uma belíssima filosofia em sua história. Assim como tudo que é patrimônio histórico da humanidade é muito comum aparecer mitos a respeito do Kung Fu, impedindo que muitas pessoas se iniciem na arte.

Sendo assim, reunimos neste artigo algumas inverdades disseminadas sobre o Kung fu e que podem fazer com que uma pessoa que tem interesse em iniciar-se na arte marcial deixe a vontade de lado.

Quer saber sobre o que é verdade ou mito no Kung Fu? Agende uma aula experimental gratuita na escola de Kung Fu Lung Fu da Vila Leopoldina e converse com nossos instrutores.

Mitos sobre o Kung Fu:

“Para praticar Kung Fu é preciso se converter ao budismo”: O Kung Fu tem sim algumas regras baseadas na filosofia budista, porém não é ligada à nenhuma crença ou religião. Como tem origem no oriente, assim como o budismo, e surgiram em datas próximas, alguns pensamentos são semelhantes. Mas ninguém precisa converter-se à nenhuma religião para praticar Kung Fu.

“O Kung Fu é uma luta violenta e perigosa”: Muito pelo contrário desta afirmativa, o Kung Fu preza pela vida em harmonia e equilíbrio entre as pessoas. Tanto que seus movimentos são utilizados apenas para autodefesa e nunca o ataque.

“Kung fu é só para homens”: Pelo Kung Fu ser a arte da guerra, é comum observar o preconceito desta afirmativa em algumas pessoas. Porém a história traz muitas mulheres que são referência na arte marcial. Portanto o Kung Fu é para mulheres também.

“Crianças e idosos não podem treinar Kung Fu”: Devido a leveza e precisão nos movimentos, algumas pessoas pré-julgam que o Kung Fu não pode ser praticado por crianças e idosos. Porém é uma arte marcial adaptável a todas as idades. Mestres qualificados saberão trabalhar com todos os públicos.

“Pessoas obesas não podem treinar Kung Fu”: Pessoas acima do peso e que desejam se iniciar no Kung Fu terão grandes chances de perder gordura caso alie a prática da arte marcial à uma alimentação saudável, pois o Kung Fu é uma atividade que proporciona alto gasto calórico.

“Pessoas sedentárias não podem treinar Kung Fu”: O sedentarismo é o mal do século e sair dele é um grande avanço e muito necessário para se ter uma boa saúde. O Kung Fu é uma excelente atividade para abandonar de vez o sedentarismo.

“É necessário ter boa coordenação motora para treinar Kung Fu”: Todos podem se iniciar no Kung Fu, independente de já terem boas habilidades ou não. O Kung Fu só faz aprender e aprimorar. Portanto, mesmo que não tenha nenhuma habilidade motora, o Kung Fu é ideal para você e para todos!

Estes são os mitos mais frequentes disseminados sobre o Kung Fu, mas caso tenha alguma dúvida sobre informação que ouviu, pode entrar em contato com a escola de Kung Fu Lung Fu da Zona Oeste de São Paulo, Vila Leopoldina, para sanar seus questionamentos. Aproveite para agendar uma aula experimental gratuitamente e conhecer o Kung Fu mais profundamente.


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.