fbpx
link para whatsapp novidário

A filosofia do Kung Fu

Por admin em

A filosofia do Kung Fu

A filosofia do Kung Fu – Saiba como é o estilo de vida aderido pelos praticantes desta arte marcial

Quem entende um pouco sobre artes marciais sabe que elas são completamente envolvidas por filosofias próprias e isto sempre é enfatizado neste blog, afinal, uma luta sem filosofia é apenas uma luta. As artes marciais como o próprio nome sugere são, na verdade, artes pois envolvem movimento, comportamento, filosofia e estilo de vida.

O Kung Fu é uma arte milenar chinesa, isto é, existe há milhares de anos e sua filosofia foi construída ao longo desse tempo, cujo principal objetivo é que seus praticantes alcancem o equilíbrio entre o corpo e a mente, o que traz benefícios não só para os treinos, mas em todos os aspectos da vida de seus adeptos.

Se você deseja incorporar a filosofia do Kung Fu em seu estilo de vida, convidamos para conhecer esta fascinante e envolvente arte marcial agendando uma aula experimental gratuita na Escola de Kung Fu Lung Fu da Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo.  

A filosofia do Kung Fu – Saiba como é o estilo de vida aderido pelos praticantes desta arte marcial

Estilo de vida segundo a filosofia do Kung Fu

Obviamente, o Kung Fu incorpora tradições de seu país berço, a China, por isso sua filosofia casa com costumes e crenças desta nação. Sendo assim, a filosofia desta arte marcial tem influência em três filosofias muito difundidas na China que são o confucionismo, o taoísmo e o budismo.

Destacaremos a contribuição de cada um destes pensamentos com a prática do Kung Fu a seguir:

Confucionismo: desta linha filosófica, o Kung Fu se inspira no aperfeiçoamento pela prática e a autossuperação; a criação de hábitos para manter a prática, inserindo-a na rotina; ser uma pessoa elevada e não utilizar suas habilidades para opressão, apenas para autodefesa e defesa dos mais fracos; respeito às hierarquias (mestre/discípulo – faixas preta/branca) e respeito mútuo e, por fim, compaixão pelo próximo.

Taoismo: é a filosofia dos opostos complementares, famoso Yin Yang, símbolo do Kung Fu, que dá o significado do equilíbrio.  Os principais pensamentos inseridos à filosofia do Kung Fu é a ação sem esforço, o Wu Wei, que significa não oferecer resistência no combate, se esforçar o mínimo possível e não ferir o oponente; além da interiorização das técnicas para que o raciocínio e os movimentos sejam tão rápidos quanto um reflexo.

Budismo: mesmo sendo indiano, o budismo tem muitos adeptos em toda a Ásia e também influencia bastante na filosofia do Kung Fu, são práticas inspiradas nesta linha filosófica a meditação que auxilia no controle emocional e na concentração do artista marcial; o respeito pelo próximo e pela natureza, para que haja vivência em harmonia e a paciência e constância para atingir a perfeição.

Com isso, finalizamos o texto novamente com o convite para conhecer e entrar para a família Lung Fu. O Kung Fu pode mudar sua vida, melhorando em diversos aspectos. Agende uma aula experimental gratuita para todas as idades, desde a criancinha até o mais idoso, e se apaixone por essa arte marcial fantástica. Escola Lung Fu de Kung Fu está localizada na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo.

A filosofia do Kung Fu – Saiba como é o estilo de vida aderido pelos praticantes desta arte marcial


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *